MIGS

Redefinindo a Cirurgia de Glaucoma através do MIGS

Os avanços no desenvolvimento da Cirurgia Minimamente Invasiva para Glaucoma (MIGS) trouxeram uma nova inspiração para o tratamento do glaucoma. Mais comumente usados em pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto submetidos à cirurgia de catarata, MIGS refere-se a um grupo de procedimentos cirúrgicos que compartilha os seguintes recursos:

• microincisão ab interno;
• mínimo traumatismo;
• eficácia;
• perfil de segurança favorável;
• rápida recuperação.

MIGS é reconhecida como uma opção de tratamento minimamente invasiva que pode reestabelecer o fluxo fisiológico ocular a fim de reduzir a pressão intraocular (PIO).1

Muitos médicos concordam que a restauração do fluxo fisiológico é preferível na maioria dos pacientes. Em comparação com procedimentos cirúrgicos mais invasivos de glaucoma, com grandes complicações e riscos e recuperação pós-operatória prolongada, os procedimentos da MIGS têm morbidade mínima, rápida recuperação e poucas complicações.*

A empresa Glaukos foi a pioneira da MIGS e revolucionou o tratamento tradicional de glaucoma com o iStent® – Trabecular Micro-Bypass Stent System — o primeiro dispositivo da MIGS disponível comercialmente.

*As indicações da MIGS são diferentes em comparação com cirurgias de glaucoma invasivas e não incluem pacientes com doença avançada ou pacientes que requerem pouco tempo sem medicação para PIO pós-operatória.

1. Saheb H. Ahmed II. Cirurgia de glaucoma micro-invasiva; perspectivas atuais e direções futuras Curr Opin Ophthalmol. 2012; 23(2):96-104

Informações importantes de segurança »

Buscando mais informações sobre o iStent®?

Estamos aqui para esclarecer todas as suas dúvidas e fornecer quaisquer outras informações adicionais.

Entre com contato conosco